Arilson denuncia perseguição política do governo Ratinho contra Lula e PT

Na sessão remota da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) desta segunda-feira (25/05), o deputado estadual Arilson Chiorato (PT) denunciou que novamente o Governo do Estado está atuando na tentativa de perseguir o Partido dos Trabalhadores, e desta vez, também o ex-presidente Lula.

Arilson denuncia perseguição política do governo Ratinho contra Lula e PT

O deputado recebeu uma denúncia de um servidor dando conta de que um curso ofertado para servidores do Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN-PR) está utilizando o nome do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e sua atual companheira, como exemplos para os cursos, servindo inclusive como nome de um dos módulos. O nome da atriz e ativista em defesa dos direitos humanos, a curitibana Leticia Sabatella, também consta como nome de outro módulo.

Os nomes do ex-presidente Lula e sua companheira estão associados a um módulo específico sobre visita de apenados, no caso em questão, de visita íntima. O curso é ofertado pela Escola de Formação e Aperfeiçoamento Penitenciário do Paraná, que é vinculada à Secretaria de Justiça, Família e Trabalho.

Há três semanas já havia sido denunciada a utilização de uma charge que tentava, de forma evidente, difamar o partido e atuar a ideologização dos estudantes. Pois, não apresentava qualquer relação com o conteúdo programático pretendido pela disciplina, de forma completamente anacrônica e fora de contexto. Uma clara tentativa de construir uma falsa narrativa que contribui com a desinformação premeditada.

Dessa vez, o problema é agravado quando personifica a divergência ideológica, utilizando nome de pessoas reais e que representam orientação política distinta daquela sabidamente defendida pelo Governo do Estado. Assim como abuso por parte do Governo em constranger os servidores a um pensamento único, de forma antidemocrática e não condizente com a finalidade do curso de capacitação.

Para o presidente do PT do Paraná e deputado estadual Arilson Chiorato, “O Governo está nitidamente faltando com ética que a Escola de Formação deveria desempenhar. Estou preocupado, porque se continuarmos caminhando dessa forma, vamos ter um Gabinete do ódio aqui no Paraná, a proximidade do Governo Ratinho com o bolsonarismo é grande, do jeito que está, não demora pra aparecer por aqui milícia digital também.”

Arilson ainda defende que a atitude é injustificável “É inconcebível mais uma vez esse tipo de atitude dentro da máquina do Governo”. Ele ainda afirma que vai repassar a denúncia para o ex-presidente Lula e sua companheira, e também para a atriz Letícia Sabatella para que tomem as devidas providências.

Publicado em: 25/05/20



São João do Ivaí recebe Pulverizador do deputado Arilson

Ver mais

COREMAN recebe emenda parlamentar do deputado Arilson

Ver mais

Novo Decreto endurece medidas em 134 cidades do Paraná, veja quais são

Ver mais

Assembleia aprova apoio ao MST, a pedido de Arilson

Ver mais

Deputados querem plano emergencial para recuperação de micro, pequenas e médias empresas

Ver mais