Em audiência da OAB, Arilson defende pedágio no menor preço e a exclusão de novos trechos pedagiados

Em audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (27), promovida pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Paraná, o deputado estadual Arilson Chiorato (PT), presidente da Frente Parlamentar do Pedágio, reafirmou seu posicionamento a favor do menor preço para o pedágio no Paraná.“O Paraná não pode mais ser laboratório para testarmos modelos duvidosos de pedágio, como ocorreu na implantação do atual pedágio. Temos que implantar a menor tarifa para a população e não podemos pedagiar novos trechos”, afirma.

Em audiência da OAB, Arilson defende pedágio no menor preço e a exclusão de novos trechos pedagiados


O evento contou com a participação da OAB/PR, Deputados Federais e Estaduais, representantes Empresa de Planejamento e Logística do Governo Federal, representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Tribunal de Contas da União (TCU), Agência Reguladora do Paraná (AGEPAR), Federação das Cooperativas, Movimento Pró-Paraná, Federação das Indústrias do Paraná (FIEP), Associação Brasileira de Concessão de Rodovias (ABCR), Subseções da OAB/PR em Jacarezinho, Ibaiti, dentre outros participantes. Arilson também destacou o caráter suprapartidário da Frente Parlamentar sobre o Pedágio da Assembleia Legislativa do Paraná, e as diretrizes de atuação dos Deputados pela redução da tarifa como linha mestra.


“Através da Frente, que é suprapartidária, vai analisar e fiscalizar o encerramento dos atuais contratos de pedágio e os estudos, o cronograma, e a chamada modelagem dos novos contratos”,diz.Chiorato também destacou que a experiência das atuais concessões mostram todos os erros do Governo Estadual, que firmou o contrato, e que não deve repetir erros que vão prejudicar a população em mais 25 anos de contrato.


O deputado também questionou diretamente a orientação dada pelo Presidente da Empresa de Planejamento e Logística do Governo Federal, que afirmou que “falar um pouco de desconto ainda é um pouco preliminar”. Segundo Arilson, não ficou claro o direcionamento dos estudos, e apenas ficou ressaltado que a opção pela licitação pelo menor preço não é a prioridade. Ele também colocou a Frente Parlamentar à disposição da população e fez o convite para o OAB/PR organizar o movimento de debates e audiências com Subseções da OAB/PR no interior do Estado.

Publicado em: 27/11/20



Arilson entrega de equipamentos agrícolas para Jandaia do Sul

Ver mais

Arilson solicita a Ratinho informações sobre vacina, data e plano de imunização

Ver mais

Arilson propõe reduzir taxa do DETRAN

Ver mais

Em audiência da OAB, Arilson defende pedágio no menor preço e a exclusão de novos trechos pedagiados

Ver mais

Entrega das Barracas destinadas por Arilson para Cambira

Ver mais