Arilson Chiorato faz balanço de seu primeiro ano na Alep

No dia 1 de Fevereiro de 2019, a Assembleia Legislativa do Paraná deu início à 19ª Legislatura da história paranaense, onde o administrador e mestre em gestão urbana Arilson Chiorato assumiu seu primeiro mandato como deputado estadual, e também o primeiro cargo eletivo de sua vida, pelo Partido dos Trabalhadores.

Arilson foi eleito com 36.497 votos em 334 municípios paranaenses, sobretudo nas regiões norte e noroeste. De lá para cá, tornou-se um dos parlamentares de maior destaque na Alep, lutando contra o modelo vigente de pedágio, contra o aumento abusivo na tarifa da Sanepar, em defesa das universidades públicas e dos servidores estaduais, entre tantas outras bandeiras, tornara-se também uma das principais vozes de oposição ao governo de Ratinho Júnior (PSD).


Arilson Chiorato faz balanço de seu primeiro ano na Alep
Foto: Dálie Felberg

“Estou fechando o ano de 2019 com muita satisfação. Embora não tenhamos saído vitoriosos de alguns entraves em defesa do povo paranaense, conseguimos muitos avanços através do diálogo. Também trabalhamos arduamente em defesa dos municípios do interior”, afirma o deputado.

ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Além da proatividade em plenário, Arilson Chiorato também empenha integralmente o seu mandato em defesa dos municípios paranaenses.

“Fui eleito por mais de 300 municípios. Imagine o tamanho da responsabilidade. A gente trabalha incansavelmente para honrar nosso compromisso com esse povo, e seguiremos trabalhando ainda mais”, conta.

Ao longo de 2019, Chiorato apresentou 107 requerimentos, 23 projetos de lei e participou de 18 audiências públicas, como proponente, co-autor da proposição ou membro participante.

Foto: Orlando Kisner

O gabinete número 505 da Alep também registrou intensa movimentação nas centenas de atendimentos prestados pelo deputado e sua equipe, entre prefeitos, vereadores, autoridades e lideranças em geral.

Trabalho que também é contínuo em seu escritório regional, localizado na sala 208, do Centro Comercial Rosa, em Apucarana, onde o deputado mantem uma equipe para atender à população, além de também atender no local nos dias em que não está em Curitiba.

Arilson Chiorato também é um parlamentar presente nos municípios em que representa. Em 2019, ele fez agendas em cerca de 100 municípios em todo o Paraná e foi responsável pela liberação de R$3.000.000,00 em recursos para mais de 50 municípios.

“Liberamos R$ 3 milhões através de indicação parlamentar do nosso mandato, além de intermediar o repasse de mais R$ 1 milhão através da deputada federal Gleisi Hoffmann. Recursos nas mais diversas áreas, além de mais R$ 1 milhão para as universidades estaduais, totalizando recursos de R$ 5.000.000,00”, salienta.

O parlamentar também foi uma forte voz em defesa dos pequenos municípios que estão ameaçados de extinção pelo Pacto Federativo do Governo Federal. Arilson foi o primeiro a se manifestar contra essa proposta, que fora anteriormente apresentada pelo senador Oriovisto Guimarães (Podemos).

TRABALHANDO PELO PARANÁ

O deputado Arilson também atuou fortemente contra a proposta de aumento na tarifa da Sanepar que foi autorizada pela Agência Reguladora do Paraná (Agepar).

“Chegamos a acionar o Ministério Público para que fosse barrada essa medida. Eu ainda defendo que façamos uma CPI para investigar os aumentos absurdos e medidas arbitrárias que a Agepar aplica sobre o povo paranaense”, reafirma Chiorato.

Este ano também foi um ano difícil para as universidades públicas. Em nível federal, o governo Bolsonaro, logo no primeiro semestre trouxe cortes e contingenciamentos para as instituições. Medida que na sequência seria replicada por Ratinho Júnior nas universidades estaduais, fazendo com que Arilson se tornasse uma das vozes em defesa da universidade pública paranaense.

Para o próximo ano, Arilson conseguiu inserir no orçamento estadual R$ 1 milhão em recursos, que serão rateados para para a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) de Apucarana, Universidade Estadual de Maringá (UEM), para a Universidade Estadual de Londrina (UEL).

“Sempre estaremos em defesa da Universidade e também de uma Educação pública, gratuita e de qualidade”, afirma.

A luta contra o pedágio do Paraná também é um trabalho sempre priorizado por Chiorato “Por mim, o pedágio devia acabar de vez. Nossa luta é contra esse modelo abusivo. Se chegássemos ao menos a um modelo igual ao de Santa Catarina, e se fosse a vontade do povo paranaense, já estaria bom”.

PRESIDÊNCIA DO PT PARANÁ E ELEIÇÕES 2020

Em outubro, Arilson Chiorato foi eleito presidente estadual do Partido dos Trabalhadores no Paraná. Ao assumir em dezembro, reafirmou seu compromisso na reorganização do partido no Estado e nas eleições municipais de 2020.

Foto: Ana Schreider

“Em 2020 teremos candidaturas em todo o Paraná. Seremos o partido protagonista das próximas eleições. E nós estaremos trabalhando junto de cada companheiro e cada companheira na construção de um novo Paraná e de um novo Brasil”, conta.

Para o próximo ano, Arilson espera que a democracia e os direitos do povo trabalhador não estejam sob ataque.

“Esperamos que em 2020 tenhamos mais notícias positivas do que negativas. E que sigamos juntos, firmes e fortes, em defesa das pessoas que mais precisam. Em defesa dos verdadeiros interesses do povo paranaense, e não de pequenos grupos específicos. Vamos em frente!”, finaliza.

Por Louan Brasileiro, da Assessoria de Comunicação

Publicado em: 31/12/19



Auxílio de R$ 600 para informais terá cadastro via aplicativo; Veja como receber

Ver mais

Jardim Alegre: Gleisi e Arilson garantem poço artesiano e água encanada para famílias do Assentamento 8 de Abril

Ver mais

Alep aprova projeto que proíbe corte de água e luz durante enfrentamento a pandemias no Paraná

Ver mais

Arilson parabeniza prefeito de Califórnia por garantir doação de alimentos para moradores

Ver mais

Arilson Chiorato requer crédito a juro zero para agricultores familiares, economia solidária e microempreendedores

Ver mais